Seguidores

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Juventude

Quanto mais conheço gente mais nova, mais acho que ficar velho é um bom negócio. Veja bem, você com mais de 25 anos. Se não é um débil mental, escapou incólume de uma das modas mais terríveis dos últimos tempos!

Nem as bocas de sino de 1970, nem a maquiagem e os cabelos horríveis de 1980, nem as camisas abotoadas até o pescoço e o excessos de 1990. Soma tudo isso, desliga a luz para se vestir e pode correr pro abraço. Você está na moda. Meu amigo, minha amiga, a garotada de agora se reuniu em uma convenção secreta e deliberou: VAMOS JUNTAR TUDO DE PIOR DE TODAS AS ÉPOCAS E SAIR POR AÍ!

Quem sai por aí a noite, sabe do que eu estou falando. Uns penteados mais escrotos que o outro, umas roupas que parece que o sujeito se arrumou no escuro, uns acessórios achados no lixo. Somando que Belém é uma província das suas mais provincianas, o resultado é muito ruim para os rapazes e moças que acreditam morar em Londres ou Tóquio. Seria melhor se fantasiar de poodle ou correr pelado na rua. Duas hipóteses menos ridículas.

E ainda... bom... não me chamem de homofóbico, porque não é isso. Nada contra os gays ou lésbicas ou transexuais ou bissexuais ou sei lá qual denominação que estão usando agora, mas, percebam que essa moleca de hoje se pega com todo mundo. A onda agora é se divertir com os genitais, náo importa onde a garoto ou garota vai esfregá-los.

Homem com homem. Mulher com mulher. Mulher com homem. Homem com mulher. E essa combinação de gêneros ad infinitum incluindo cruzamento de casais e menage a trois explícita nas baladas - pra mim balada era apenas uma pedrada com baladeira, o estilingue, como alguns chamam.

Tudo muito moderno. Eu penso mesmo que é falta de referência. Não saber o que quer por não se conhecer. Ou mesmo o exibicionismo puro e simples. Mas, isso é problema deles.

Quanto mais eu observo o povo de 20 anos, mais ou menos essa faixa, vejo gente mimada e pouco preparada para enfrentar a vida. Mermão, na Pedreira não tem disso. Pelo menos, não tinha na minha época. No meu subúrbio, a moda é outra. Mas, conto outra hora.

Deixo dois sites pra vocês sacarem como é ser moderno e jovem na primeira década dos anos 2000. É só clicar na imagem.

O sensacional "Você não é hipsper, você é CAFONA".
E o paraense "Quero causar".

7 comentários:

Tainá Aires disse...

Na sua época, gays só pegavam homens, agora eles pegam mulher também. E, por incrível que pareça, elas sentem atração pelas bichas mais loucas da cidade.

anderson_araujo disse...

É, né, Tainá. Tô sabendo desses papos. Mas isso agora é quase uma regra. Gente que gosta só de mulher ou só de homem é exceção.

E eu achando que quando a maioria dos caras virassem gays ia sobrar mais mulher pra mim. Ledo engano.

Anônimo disse...

Cuidado gente vocês vão acabar pegando um processo por homofobia. Tem que achar que é legal homem com homem e mulher com mulher.

anderson_araujo disse...

não entendeu, anônimo. nada contra o povo colorido. cada um faz o que quer da sua sexualidade.

Obrigado pela visita.

volte sempre.

anderson_araujo disse...

só pra complementar. O post é sobre o modo de vestir e o comportamento, digamos, indeciso do pessoal na faixa de 20. quanto a roupa acho de um mau gosto terrível. já em relação à sexualidade, como disse, é problema ou solução de cada um. sem julgamento de valores, rapaziada.

abraços.

Nega disse...

Tava indo, mas não resisti:

"A onda agora é se divertir com os genitais, náo importa onde a garoto ou garota vai esfregá-los."

HuahUAHuahUAHUahuHAUhauHAUhauHAU

chorei de riii!!!!


Apesar da pouca idade, é com muito orgulho que vos digo não pertencer a essa juventude cujo um dos seus principais objetivos, senão o maior deles, é limitar sua própria mente. O resto, ah o resto, é pura balbúrdia

Esfinge de Giz disse...

pow, desativaram o "quero causar".
queria ver a fina estirpe.

=/